Três momentos

Normalmente, eu sou bem contra “fluxos de consciência” e poemas que são praticamente fotos: instantâneos de momentos.

Não me levem a mal, mas acho que a forma textual tem características próprias, e penso que os melhores resultados são os mais bem trabalhados.

Isso posto, abro uma exceção. Ok, abrir para si mesmo é sempre mais fácil, admito. Mas como nunca escrevi poesia e minhas tentativas são recentes, estou me dando espaço para algumas “pílulas”…

_______________________

Sem título

Nossas aspirações suspiravam

enquanto suspirávamos

nossas aspirações

 

Sem título

Quando o sol assomou

me arrependi pelo fogo sem fim

Pois é o ferro em brasa

aquele que deixa marcas.

 

Três Marias

Uma Maria

e a humanidade, séria, tornou-se cristã.

Duas Marias

e a humanidade, desconsolada,

grita a fome de todas as suas Marias.

Três Marias

e o mundo, por um instante, parou

e sorriu

quando o céu mudou de cor.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s