Aos companheiros/as de Pinheirinho

Dedico este breve texto aos companheiros/as do Pinheirinho:

Hoje de manhã começou a ação de reintegração de posse em Pinheirinho. Pessoas já morreram. O banho de sangue, ao que parece, apenas começou. Neste momento, lembro-me daquele mito da índole pacífica do brasileiro: as elites são as principais divulgadoras desse mito, que, por sua vez, não encontra amparo algum na história de lutas de nosso povo, muito menos na maneira como os poderosos atuam para a defesa de seus interesses. E a única coisa que posso fazer é manifestar meu apoio à luta dos sem-teto e lamentar as mortes que poderiam ser evitadas, se tanto o governo do estado de São Paulo quanto o governo federal tivessem tomado alguma atitude para resolver politicamente o conflito ali instalado.

Não há consolo algum para as pessoas próximas àquelas que tombam na luta por justiça. Não há consolo algum em reconhecer a coragem, a bravura, a abnegação quase forçada pelas precárias condições de vida. Nada compensa a violência dos poderosos. O que há é desolamento; o que sobra, só revolta. O que segue, e o que escapa, nada – só pobre suspiro. Mas como evitá-lo?

“Meus amigos foram às ilhas. 
Ilhas perdem o homem. 
Entretanto alguns se salvaram e 
trouxeram a notícia
de que o mundo, o grande mundo está crescendo todos os dias,
entre o fogo e o amor.

Então, meu coração também pode crescer. 
Entre o amor e o fogo, 
entre a vida e o fogo, 
meu coração cresce dez metros e explode.
— Ó vida futura! nós te criaremos”

(“Mundo Grande”/Carlos Drummond de Andrade)

A luta continua, camaradas.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s